sábado, 12 de março de 2011

A estratégia de Godinho Lopes

O candidato à presidência do Sporting teceu uma estratégia de aranha para a sua campanha.

Objectivo: criar uma bipolarização artificial com o candidato que podia abater mais facilmente.

Hoje, abrimos os jornais e vemos uma bipolarização entre Godinho Lopes e Bruno Carvalho, logo o objectivo foi atingido. Mas também já sabemos/adivinhamos que as duríssimas acusações que Godinho Lopes proferiu contra Bruno Carvalho não vão cair em saco roto.

Quero dizer que ainda hoje os sócios do Sporting não sabem bem quem é o candidato sensação, não sabem o que faz nem que negócios tem. Auguro que da candidatura de Godinho Lopes se vão encarregar de nos informar. E de maneira bem dura também. Bruno carvalho também tem culpa na nebulosa que criou em seu redor.

O objectivo de Godinho Lopes, bem preparado em termos comunicacionais foi tentar isolar a sua luta com Bruno Carvalho para o poder em seguida destruir. Serão dias difíceis para o candidato que me agradou no início com algumas ideias mas que nunca nos contou a sua história.

Um guru da comunicação, Seth Godin, diz que «politics is nothing but stories». E meus amigos ninguém conhece a história de Bruno carvalho e uma campanha eleitoral para um grande clube tem todas as armas e estratégia de uma campanha política, quando ela é bem feita. Godinho Lopes está a jogar com isso.

Mas devemos continuar atentos a dois candidatos que vão crescer por força desta guerra dura entre a bipolarização artificial: Pedro Baltazar, com uma campanha de publicidade notável e ontem, como vemos nas duas páginas do Record, a trabalhar pela positiva a estabelecer laços protocolares com o Barcelona e o seu Presidente; e Dias Ferreira que continua forte no universo leonino, apesar de, no meu entender, ser um melhor provedor dos sócios do que um bom Presidente.

Faltam menos de duas semanas e ainda vai correr muita água debaixo da ponte. E ainda aguardo com muita expectativa sinais de João Rocha e de João Rocha jr que poderão ter um papel crucial nesta eleição.

1 comentário:

  1. Meu caro,

    Ignorar Dias Ferreira é um erro tremendo. Apresenta a candidatura na terça e nesse aspecto foi inteligente pois apresenta muito em 2 semanas de modo a cativar os indecisos. Foi também inteligente ao ficar à margem da bipolarização promovida por Godinho e Bruno Carvalho. Porquê? Porque os danos colaterais dessa guerra vão todos cair no lado de Dias Ferreira.

    A bipolarização foi um erro de GL e BdC, só os prejudica e promove Dias Ferreira. O "outsider" Dias Ferreira, no inicio das eleições era um "insider" do sistema mas o Godinho e o BdC fizeram o favor de lhe dar o titulo de "outsider" e esse "outsider", se for inteligente no decorrer das próximas semanas, ganhará.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar