quarta-feira, 17 de agosto de 2011

A vergonha do Benfica

Todos os clubes têm os seus pontos fracos. Agora quando esse ponto fraco é um porta-estandarte diário das más memórias de determinada colectividade é uma vergonha cansativa para quem se lembra de determinadas criaturas.

Vale e Azevedo é um senhor, conhecido pelo «Jica das Fotocópias» quando trabalhou no PSD, que foi o pior Presidente do emblema de Carnide e que se tornou um caso de justiça grave, uma vergonha também para a justiça portuguesa, mais uma vez sai em liberdade condicional depois de um pedido de extradição.

E é uma vergonha para Portugal que este senhor ainda apareça em notícias a pavonear-se de Bentley e em hoteis de luxo, quando deixou um lastro de má gestão no clube que só não via quem não queria ver.

O nome Vale e Azevedo é um exemplo para criaturas que querem servir-se das instituições quando não são ninguém na sociedade civil. É uma questão de má imagem para o clube que dirigiu, para a justiça e para Portugal. Felizmente o meu clube não tem nenhum porta-estandarte como este cavalheiro.

Sem comentários:

Enviar um comentário