segunda-feira, 1 de julho de 2013

107 anos de Sporting e umas notas sobre a AG de ontem

Parabéns ao meu clube, é o melhor clube do mundo. São 107 anos de história gloriosa, de muitos campeões, de muitos milhões de adeptos anónimos que fazem a grandeza do Sporting Clube de Portugal.

E para a construção do futuro foi importante a AG que ontem se realizou. Um plano de restruturação financeira possível, com o clube a continuar nas mãos dos sócios e com um caminho de racionalidade, sem promessas, que servirá para os alicerces de muitas conquistas que virão. Deixo algumas notas sobre ontem:

1- Vitalidade do clube. Mais de 1200 sócios presentes num dia de calor. Outras colectividades fazem festa quando metem 200 pessoas numa AG.

2- Nenhum presidente desde Roquette, e o seu projecto e continuadores foram os larápios da alma do clube e os responsáveis pelo abismo de onde podíamos não sair, esteve presente. Como diz Bruno de Carvalho, com graça, «é mais fácil falar nos jornais».

3- Garantia de algo que para mim é fundamental, e apoiado por todos os adeptos que querem transparência, de uma auditoria de gestão séria e corajosa, que permita identificar claramente os indivíduos que fizeram gestão ruinosa e pilharam o Sporting, fazendo vida à conta do clube. Responsabilização e criminalização como sempre defendi.

4- Com os passos dados ontem, teremos alguma tranquilidade para preparar os próximos desafios, sem perder um caminho de racionalidade e rigor que tão arredada estava da gestão do clube.

Por último, com esta reestruturação aprovada, é tempo de se acabar o "economês" no Sporting. Foram anos e anos a falar de VMOC`s, investidores, reestruturação, dinheiro e quejandos. Os adeptos gostam é de ouvir falar dos seus jogadores e atletas, das suas equipas. No desporto tem de haver mais desporto e menos questões financeiras.

Sem comentários:

Enviar um comentário