quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Cristiano Ronaldo e Blatter

O presidente da FIFA é o que os brasileiros chamariam de "cartola", aqueles indivíduos que mandam no futebol, que fazem parte das cúpulas das organizações que comandam este desporto amado por milhões. Tratam do negócio do futebol e mais nada.

Cristiano Ronaldo é o melhor jogador do mundo da actualidade, um dos melhores de sempre, é um bom filho e amigo dos seus irmãos, é um atleta fora-de-série, exemplar de aplicação no jogo e nos treinos. É um ícone universal e é por causa dele, e de outros, que os "cartolas" negoceiam contratos de patrocinadores e de televisão.

São os grandes craques que os adeptos de futebol querem ver, são os grandes craques que as Marcas querem usar para vender os seus produtos. Blatter cometeu um erro monumental ao gozar com Cristiano Ronaldo e o seu pedido de desculpas é ainda mais ridículo. Numa organização normal teria de ser demitido pois as suas declarações podem influenciar muita coisa: prémios, arbitragens internacionais, etc.

Estiveram bem os portugueses que reagiram e também a FPF, o Real Madrid e o Sporting Clube de Portugal que formou o atleta e o tem como sócio 100 mil. Já o Governo devia estar a tratar da crise e não a meter-se no futebol que não tem nada de ser politizado.

Sem comentários:

Enviar um comentário