segunda-feira, 25 de novembro de 2013

O problema do Benfica é Vieira e não Jesus

Sou sportinguista como todos sabem, mas acompanho a realidade do desporto no geral. Respeito todos os adeptos, sejam quais forem as suas preferências clubísticas, pois são eles que pagam salários dos jogadores, são eles que são determinantes para as Marcas patrocinarem os clubes, são eles que vivem com paixão os bons e os maus momentos das suas agremiações.

No Sporting, felizmente, este ano estamos mais unidos, com esperança, mas sem euforias, e com um discurso de racionalidade que é importante no futebol. No Norte, assistimos ao pior Porto dos últimos anos e Paulo Fonseca, de dia para dia, faz ver que a opção de Antero Henrique, que queria Leonardo Jardim no Dragão, era a mais certa (também felizmente está em Alvalade).

No Benfica assiste-se a algo de curioso: Jorge Jesus é um grande treinador, mas tem um feitio complicado e perdeu a autoridade com o que se passou com Cardozo. É contra ele que se manifestam os adeptos, pois são muitas temporadas sentadas naquele banco e com poucos títulos e este ano com um futebol também sofrível e a qualidade do seu futebol era um dos seus trunfos que restava.

Mas será que é Jesus o principal responsável? Deixo uma reflexão: O Benfica precisa de Luis Filipe Vieira ou será antes Luis Filipe Vieira que, neste momento, precisa mais do Benfica? Onde estaria Luis Filipe Vieira se não fosse presidente do Benfica?

Vieira está há muitos anos à frente do Benfica. Teve um importante papel na ressureição do clube e da Marca, mas o tempo vai provando que o seu tempo já passou. tantos anos e ainda não percebeu o futebol e são labirínticas ou inexistentes as suas estruturas de apoio ao futebol. Bateu o record de endividamento dos clubes, bateu também o record de Taças Lucílio Baptista (e mais nada) e na semana passada surgiu num lamentável processo de 17 milhões do BPN que são todos os portugueses que vão pagar.

Jorge Jesus pode fazer mais. Luis Filipe Vieira não pode fazer mais, simplesmente, porque não sabe.

Sem comentários:

Enviar um comentário