domingo, 15 de outubro de 2017

Sugestões para a semana

Livros

"Dois Irmãos", Milton Hatoum, Companhia das Letras, 261 páginas. Um grande livro de 2017 este brasileiro que conta a saga de dois irmãos de Manaus. É de imprescindível leitura deu-me imenso prazer.

"Os filmes da minha vida", François Truffaut, Orfeu Negro, 348 pág. Leio bastantes livros de cinema, este é de um grande realizador francês de uma geração de ouro que nasceu nos Cahiers du Cinema. recomendo porque é muito interessante, mas também vos digo que ninguém escreve sobre a Sétima Arte e os seus ídolos e heróis como João Bénard da Costa, revisitem os seus livros.

"futebol, o estádio global", fernando sobral, fundação francisco Manuel dos santos, 86 pág. O fernando de quem sou amigo é das pessoas que melhor escreve em Portugal e neste ensaio conta a história do desporto-rei, a sua evolução e entrada das grandes marcas, da paixão à indústria global. indispensável para quem gosta de futebol.

Cinema

Na sala recomendo o visionamento de Blade Runner 2049 e a conclusão na Cinemateca do ciclo integral de Jean-Pierre Melville.
Em casa, sugiro, na terça no TVC2, "American Honey" um dos melhores filmes de 2016 e na sexta á noite a continuação do ciclo na RTP2 dedicado a Eisenstein que começou com Outubro, seguiu com Alexander Nevsky e agora vem a primeira parte do genial Ivan, O Terrível

Séries

A grande estreia da semana é a terceira temporada de Mr. Robot no sábado no TVSéries. mas ainda se estreia a quarta de madam secretary, no mesmo canal, e para os saudosistas anda Os Vingadores, o velho clássico, na RTP Memória.

Documentários

Esta semana temos o Doc Lisboa em várias salas como é costume. a minha escolha entre todo o cartaz é o filme sobre Grace Jones que passa no São Jorge na sexta.
Na televisão, e no dia de aniversário de Agustina, convido a ver a sua videobiografia na RTP Memória na quinta às 14h.
E na RTP3 que no horário das 20h tem apresentado extraordinários documentários, na quinta podem ver a vida de Angela Merkel.

Restaurante

Não é para todas as bolsas, mas o Galito, perto de Carnide, continua a ser um santuário de gastronomia portuguesa. 

Sem comentários:

Publicar um comentário