quinta-feira, 28 de outubro de 2010

O País segue dentro de momentos

Na novela do Orçamento o bailado vai continuar. Portugal é um país adiado mais uns dias. Algo que beneficia Cavaco Silva, que surge como contraponto de credibilidade a um duelo partidário que aguarda mais uns dias por uma abstenção do PSD.

Como dizia ontem António José Teixeira, «O PS merecia o chumbo deste Orçamento, mas o País não merece este chumbo».

Sem comentários:

Publicar um comentário