terça-feira, 30 de agosto de 2011

Para onde foi o charme dos artistas e intelectuais?


Crónica imperdível do Arnaldo Jabor.

Sem comentários:

Publicar um comentário