quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

O russo que não vai investir no Sporting e mais uma fonte falsa

«Mikhail Prokhorov, magnata e candidato à Presidência da Rússia, desmentiu qualquer interesse em investir no Sporting», e pode ler o resto aqui.

Ontem, deu-me algum gozo ver uma série de pessoas bem intencionadas, pois também desejam como eu que houvesse um multimilionário que investisse no Sporting, a falar deste senhor russo.

Mas todos se esqueceram de referir, pois talvez não soubessem, que este senhor é candidato a presidente da Rússia e que nesta altura, provavelmente, nem tem a cabeça virada seja para o que for na área do desporto. Eu como não conheço o senhor, e nunca falei com ele, não sei mesmo se ele conhece o Sporting.

Esta notícia foi mais uma manobra de "spinning" (gostava de saber quem foi a fonte mentirosa de mais uma notícia, neste caso no DN de ontem) para se tentar apagar a informação que corre em Lisboa sobre o sr. Carlos Queiroz como coordenador do futebol, imposto por um grupo de empresários do Dubai e africanos.

No Sporting, e escrevam para o futuro, não vai haver nenhum multimilionário a comprar a SAD, mas sim uma entidade composta por vários empresários com interesses no desporto.

O Sporting está a ser apresentado a investidores, há contactos, há abordagens, mas nada está fechado, apesar da pressa desta direcção, que não trouxe os 100 milhões prometidos e a quem a banca já não dá nem mais um cêntimo.

PS: a notícia de ontem do DN só tinha uma verdade: Peter Kenyon «colaborou com o Ireland Fund», de onde saiu mal, como eu revelei em primeira mão no meu blog.

Sem comentários:

Publicar um comentário