domingo, 24 de fevereiro de 2013

Sugestões para a semana (4-2013)

Livros

"O segredo do Bosque Vermelho", Dino Buzzati, Cavalo de Ferro editora, 158 páginas. Do autor do fascinante "Deserto dos Tártaros", uma parábola sobre o bem e o mal, a natureza vs. o materialismo da civilização. Um pequeno grande livro.

"Influência Externa", Brad Thor, Bertrand editores, 400 pág. Um thriller político de um dos melhores autores do género. Uma vaga de terrorismo em cidades europeias e cot Harvath no meio dos trepidantes acontecimentos.

Cinema

"Vertigo- A mulher que viveu duas vezes", Alfred Hitchcock. Deixo este título, agora considerado o melhor filme de sempre e um dos meus preferidos, para chamar a atenção que na FNAC estão quase todos os filmes do mestre à venda a preços apetecíveis. Quem não os tem, eu tenho todos, é uma forma de enriquecer a sua videoteca.

"Nouvelle Vague- primeiros filmes". Um dvd com 9 dos primeiros filmes dos artistas desta corrente que marcou o cinema europeu e alguns realizadores americanos. nele deparam com Jean-Luc Godard, François Truffaut, Alain Resnais, jacques Rivette, Jean-pierre Melville e Maurice Pialat.

Documenários

Hoje na noite THEMA do ARTE podem ver dois documentários " A loucura de Estado" e "Hitler, Mussolini e Eu". No primeiro, a encenação e a relação entre os dois regimes e ditadores; no segundo, a visita de Hitler a Itália narrada pelo seu intérprete.

Na terça-feira á 1.30, "África- a ambição chinesa". Como a cooperação económica dissimula a ambição chinesa de controlar os países africanos e os seus recursos, no ARTE.

Também no ARTE, quinta-feira às 19.50, "Yakuzas-entre o bem e o mal". A mais poderosa mafia do mundo, 80 mil membros divididos em 22 clâs.

Séries

"Revenge", já começou às terças na FOX life a segunda temporada desta série que me surpreendeu pela positiva na primeira temporada.

"House of Cards", produzida por david Fincher, no papel principal Kevin Spacey, genial série produzida como conteúdo de um canal on line e que narra os labirínticos meandros do poder em Washington. Magnífica.

Restaurante

S. Na rua S. Filipe Nery, ao Rato, um restaurante simpático e não muito caro de petiscos portugueses.

Bar

Impossibly Funky. No LX Factory um espaço de soul, funky e blues, com música ao vivo e bom ambiente e bom gosto (enormes cartazes de James Bond e Barbarella). É do meu amigo Hernãni que explorava o Targus onde paravam nos anos 90 muitos jornalistas no Bairro Alto.

Discoteca

Rádio Hotel, entre Alcântara e a Junqueira, na rua do hotel Ópera, um espaço elegante, com boa energia, ao comando o meu amigo joão Graça e a equipa da Pure Lisbon.

Sem comentários:

Publicar um comentário