segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Uma "geração de viciados"

Lido no DN: «Um estudo realizado pela empresa de Neuromarketing Labs concluiu que os aficcionados de séries sentem os mesmos sintomas de dependência que os viciados em drogas

Produtos televisivos como The Walking Dead, Breaking Bad, A Teoria do Big Bang ou Guerra dos Tronos podem criar síntomas físicos de adição como suores, pulsação acelerada e descida da temperatura corporal.
O relatório da Neuromarketing Labs assegura que, quando um espectador está a assistir a uma dessas séries, o corpo segrega uma conjunto de hormonas que têm ainda um efeito "calmante". Isto porque, revela o mesmo estudo, o cérebro humano é masoquista, na medida em que prefere as séries que despertam emoções mais fortes - sejam elas positivas ou negativas - e por isso mesmo precisa de algo que contraponha de imediato esse efeito».

Portanto, ou Hollywood volta a fazer cinema de qualidade ou as séries continuarão a fazer uma "geração de viciados", pois é hoje o que as pessoas mais seguem, segundo este estudo.
 

Sem comentários:

Publicar um comentário