terça-feira, 29 de setembro de 2015

A indecisão aumenta à beira das eleições

Não é habitual, aliás, bem pelo contrário. Uma corrida eleitoral serve para fortalecer e dar confiança aos que acreditam numa via e convencer e cativar os indecisos e abstencionistas, mas, nesta última semana de campanha, o que revelam alguns estudos e se sente junto das pessoas é que aumentaram os indecisos.

Esta indefinição tem diversas variáveis. Os líderes que não convencem, uma desconfiança generalizada no discurso e promessas da classe política, uma campanha aborrecida, sem novidades e sem se adaptar aos novos tempos, ou alheamento global dos portugueses.

Sinceramente, julgo que sem maioria clara viveremos um impasse, entraremos num lodo de indecisão política e o País estará muito tempo sem carburar pois demorarão muito tempo negociações para que seja viável um novo Governo. A campanha não foi motivadora, é uma realidade, mas o dia de amanhã será muito confuso e pouco tranquilo. Para todos os portugueses.

Sem comentários:

Publicar um comentário