terça-feira, 8 de novembro de 2011

Diego Capel e António Costa: a nobreza e a vergonha

Já escrevi que Diego Capel é o meu jogador preferido deste plantel. Galvanizador, espectacular, bom carácter e já era adorado em Sevilha.

Rapidamente conquistou os sportinguistas e depois aquilo de domingo. Um jogador que quer premiar o carinho que sente dos adeptos, lhes vai dar a camisola com o seu suor e que vê uma quase tragédia à sua frente.

Chorou e só ficou descansado quando soube que nada de grave se passou com os leões. Mas no dia seguinte foi saber deles e vimos um dos adeptos, de braço partido, com a camisola de Capel na mão e a sorrir.

Quando um ídolo sofre juntamente com os adeptos, se emociona e lhes dá o seu próprio aconchego é um gesto nobre. E os homens grandes têm nobreza de carácter e nunca são esquecidos. Tenho a certeza que durante muitos anos os sportinguistas não esquecerão a grandeza de carácter de Diego Capel. Grande nas quatro linhas e grande fora delas.

Ontem, por outro lado, temos algo que classifico de vergonha. Há pouco tempo o presidente da Câmara de Lisboa tratou bem o Presidente e o vice-presidente do Sporting, aquando da reunião pública que viabilizou o plano de pormenor para os terrenos do Sporting, algo que foi votado unanimemente por todas as forças políticas ali presentes.

Só que à Benfica TV teve o despudor e a falta de tacto de dizer que gostava de receber o Benfica este ano nos Paços do Concelho como campeão. Uma vergonha que os sportinguistas também não deverão esquecer nunca.

Benfica e Sporting são dois grandes de Lisboa, este ano taco-a-taco na disputa pelo título nacional, e o presidente da autarquia comete este erro monumental que ofende milhões de sportinguistas. Se até agora não pediu desculpa, o que foi dito ontem é uma vergonha inqualificável e o Sporting devia exigir desculpas públicas pelas declarações proferidas.

Num dia a nobreza de carácter que perdurará nos corações leoninos e uma afronta inqualificável que não deverá ser esquecida nas nossas mentes.

Sem comentários:

Publicar um comentário