terça-feira, 22 de novembro de 2011

Houve quem acreditasse na pulseirinha do equilíbrio

´
Às vezes há coisas inexplicáveis, fenómenos de massa incompreensíveis. Houve um tempo em que algumas estrelas e depois uma enorme quantidade de anónimos andou a passear uma pulseira do equilíbrio.

Nunca acreditei muito nessas "charlatanices", pois o equilíbrio de uma pessoa depende da sua capacidade mental e da sua autoconfiança. Por isso, o que leio agora nesta notícia, parece-me natural. É que há Marcas que leva-as o vento num ápice.

Sem comentários:

Publicar um comentário