domingo, 27 de janeiro de 2013

José Mourinho: 50 anos

Gosto muito de José Mourinho. Só dois episódios não gostei dele: o da camisola rasgada em Alvalade e o ter metido o dedo no olho de Tito Vilanova. Para lá disso, é uma personagem única, um líder e comunicador genial.

Com tanta mediocridade que existe em Portugal, com tanta inveja e mesquinhez latente, com tanta gente que se finge de humilde, é bom ter um português que não tem medo de dizer que é bom e tem motivos para o dizer.

É o melhor treinador do mundo e será o melhor treinador de sempre do futebol mundial. Cedo percebeu que o jogo começa na conferência de imprensa da véspera. Os seus "mind games" sabem como falar com os adeptos, com o balneário e com o adversário.

Dou-lhe os parabéns e espero dar-lhe os parabéns por muitos mais anos e por muitas mais vitórias.

Sem comentários:

Publicar um comentário