sábado, 26 de janeiro de 2013

RTP adiada para não fazer inimigos

O Expresso conta tudo para a decisão final de atirar para as calendas a solução sobre a RTP. Temos de ter a prudência de nos poupar à proliferação de inimigos», disse Portas, como uma das razões para não mexer no canal público, ficando tudo por uma reestruturação.

Na política, quem tenta mexer com interesses instalados é atacado. O melhor mesmo é não fazer nada. É assim a política.

Sem comentários:

Publicar um comentário