terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

A colecção Miró e os amanuenses do Governo

Os portugueses pagaram todos a corrupção e a má gestão do BPN. No meio dos activos tóxicos, para os quais a Miss Swap ainda ontem meteu mais 100 milhões do nosso bolso, estavam 85 pérolas, uma colecção de obras de Miró.

No sábado, vários especialistas em arte desaconselhavam, no Expresso, a venda das mesmas. Como é óbvio, ter 85 obras de Miró dava para fazer um museu que seria mais um foco de atractividade em Portugal, mas os amanuenses do Governo, os catedráticos em Excel, mas incultos, decidiram o contrário.

Este caso foi despertado pelas redes sociais, os jornais seguiram, no caso o Público, e depois entrou na arena política. Mas isto não é um caso político, é um caso de insensibilidade, de desconhecimento, de falta de mundo de quem nos governa. É um crime de lesa Pátria.

Sem comentários:

Publicar um comentário