quinta-feira, 23 de outubro de 2014

10 anos de Durão Barroso na Comissão Europeia

Dez anos de crises. De reputação da Europa, das dívidas soberanas, rebentamento de instituições financeiras, do crescimento do desemprego e sobretudo do desemprego jovem, ameaças de nacionalismo, guerra nas fronteiras, crescimento quase nulo da economia e ainda nunca se sentiu como hoje que a União Europeia não interessa a ninguém e está mediocremente fraca.

O presidente da Comissão Europeia que nunca foi dono disto tudo, apenas um capacho dos desejos de Angela Merkel, dá pelo nome de Durão Barroso. Diz que se despediu do Parlamento europeu com um bonito discurso e terminou com "Auf wiedersehen, goodbye, au revoir, adeus».

Ainda bem disseram todos, respirando de alívio. Eu acrescento um adeus da minha parte e que nunca mais volte a Portugal. Já temos cá muita porcaria.

Sem comentários:

Publicar um comentário