segunda-feira, 20 de outubro de 2014

O ministro que já deu quatro voltas ao mundo

Em pleno caos no seu Ministério, Nuno Crato optou para ir a um encontro sobre Telecomunicações em Milão. Chama-se a isto estar-se marimbando.

«O Ministério não adianta comentários, nomeadamente sobre a carregada agenda que levou, só este ano, o ministro a completar quase 160 mil km de voos. É o equivalente a quatro voltas completas ao mundo e passou, por exemplo, por duas visitas ao Brasil no espaço de menos de um mês. Ou a duas viagens sucessivas à China, uma das quais na comitiva de Cavaco. O ministro foi ainda a Moçambique por duas vezes, a primeira das quais incluiu uma visita à escola portuguesa, durante as férias escolares da Páscoa. Foi a Cabo Verde em julho e ao México em agosto, quando a prova dos professores arrancou pela primeira vez. Isto, é claro, sem contar com as viagens feitas na Europa ou com as obrigatórias presenças nas reuniões em Bruxelas», a notícia é do Expresso.

O ministro para lá das responsabilidades pessoais tem responsabilidades políticas. Um dia, no tempo do Governo de António Guterres, a ponte de Entre os Rios caiu. Jorge Coelho, de imediato, apresentou a demissão. É isto, a política, que o ministro Nuno Crato não percebe e ninguém lhe diz.

Sem comentários:

Publicar um comentário