segunda-feira, 6 de outubro de 2014

O "grande" Zeinal Bava

A imprensa económica gosta de criar os seus heróis. Durante décadas era Ricardo Salgado, depois a imagem do novo "grande" gestor português tornou-se Zeinal Bava.

Este cavalheiro acabou com a maior empresa portuguesa, a PT, e a que tinha mais condições de se impor internacionalmente. Anunciou uma mega-fusão com a Oi (da qual se tornou administrador, mas que muito em breve vai deixar de ser porque os brasileiros não são bem os portugueses), como se começasse a projecção de um grande grupo de telecomunicações de língua portuguesa.

Mas hoje está a vender aos pedaços a PT, retalhando-a por completo, lesando os accionistas e naturalmente a PT já nem é portuguesa nem é nada.

Zeinal Bava esse "grande" mago que é mais uma prova de que os portugueses gostam de ser enganados. E nem comento a delapidação de 900 milhões de euros da PT no BES. Continuem a dar gás a um cromo destes até ao dia em que Portugal perca a paciência com estas criaturas.

E continuem a querer privatizar a TAP e as Águas de Portugal. Vendam tudo a preços de entulho, deixem o País a pão e água, vendam o mar e o Mosteiro dos Jerónimos também. Porque mais tarde são todos condecorados no 10 de Junho. Portugal anda a dormir.

Sem comentários:

Publicar um comentário