domingo, 23 de junho de 2013

Sugestões para a semana (12-2013)

Livros

"Uma Verdade Incómoda", John Le Carré, D. Quixote, 361 páginas. O novo de um escritor que escreveu os melhores livros de espionagem, a verdadeira, a dos gabinetes e dos homens cinzentos, e que com o passar do tempo, apesar de manter o seu campo de de acção, se refinou, tornendo-se um grande escritor.

"Brand Sense", Martin Lindstrom, Gestão Plus, 193 pág. Com prefácio de Philip Kotler, é um livro que aconselho para consultores de comunicação e técnicos de marketing. A sua investigação é sobre este tempo em que é mais difícil estar atento às marcas, como é que elas podem dar a volta ao problema. E isso passa pela ligação a todos os campos sensórias. Muito interessante e com boas histórias.

"Aprenda com a Mafia", Louis Ferrante, Esfera dos Livros, 256 pág. O autor foi membro de um clã da Mafia e o que faz neste livro é mostrar como as grandes organizações e os líderes empresariais se assemelham em termos de liderança e acção ao que a mafia representava. Livro divertido e com muitas histórias e citações engraçadas.

Cinema

"O Ouro de Nápoles", Vittorio de Sica. Vi ontem este filme, que tem vários sketches, do grande realizador italiano. Tem Sofia Loren, Tótó, Silvana Mangano com personagens engraçadíssimas e passado numa das cidades que mais gosto. Chamo só a atenção para quem põe o DVD no mercado para ter mais atenção às legendas, o que deforma o filme.

"A Caça", Thomas Vinterberg. Um filme genial, dos melhores dos últimos anos, com Mads Mikkelsen - um gigante actor - a trabalhar num jardim infantil. E como um rumor de uma criança semeia a raiva e o ódio de uma comunidade. Voltarei a escrever especificamente sobre este filme de eleição que é indispensável para cinéfilos.

Documentários

Hoje, no National Geographic, toda a verdade sobre Lance Armstrong. O mito com pés de barro. O campeão que afinal era um mero produto de substâncias proibidas.

No Arte, terça-feira, às 2.10h, "Detroit". A cidade onde se centrou a produção de automóveis americanos, Chrysler, General Motors, Ford, que foi uma cidade de sonho e que com a globalização passou à ruína.

Também no Arte, no mesmo dia às 22.45h, um documentário intitulado "Quando a Europa salva os bancos quem é que paga?". Uma das dúvidas que semeiam a indefinição das sociedades em crise e em dificuldades

Séries

Estreia hoje no TVSéries a segunda temporada de Magic City. Um criador de um hotel em Miami, nos finais dos anos 50, que pactua com a Mafia para levar adiante o seu sonho. Produção cuidada, roupa e imagens de época, personagens carismáticos e mulheres lindas. Grande série. E uma nota para o facto do TVSéries ser o único canal a estrear séries, quando as concorrentes aparentemente metem férias.

Esta semana morreu o James Gandolfini. Criou um personagem eterno, Tony Soprano, e a série "Sopranos" alterou por completo a relação do espectador com o pequeno ecrã, onde hoje está a qualidade de Hollywood. O TVSéries passa esta semana os dois últimos episódios. É para recordar.

Revista

Recomendo uma edição Paris Match/L´Histoire sobre a América de Kennedy. Aquilo que nós espreitamos ao de leve em Mad Men e Magic City, como era a sociedade americana nessa altura. Revista para guardar.

Restaurante

Esta semana voltei a ir almoçar ao "Madeirense", nas Amoreiras,  reencontrei o sr. Manuel Fernandes, o dono que é um amigo, e comprovei que o bife de atum e os filetes de pescada continuam em grande. Bolo do Caco uma tentação e o sumo de maracujá que é uma tradição da ilha.

Sem comentários:

Publicar um comentário