terça-feira, 6 de agosto de 2013

Um mundo perverso de "likes"

Ao ler esta notícia não fiquei surpreendido. A ânsia de numa sociedade mais vivida nas redes sociais  ter muitos seguidores e "likes" é uma obsessão para muita gente.

Na comunicação política, para alguns amadores, até se acha que é importante haver uma espécie de campeonato de "likes", algo que como deparamos pela notícia é totalmente artificial e desajustado.

O mais grave é que se viva da exploração humana para estas actividades. Saber-se isto é um rude golpe na credibilidade das redes sociais.

Sem comentários:

Publicar um comentário