domingo, 18 de agosto de 2013

Eu sou dono de um banco e não do Lorenzo Carvalho

O título é inspirado na crónica de ontem da Clara Ferreira Alves no Expresso, pois ela tem razão. Os portugueses como eu são donos pelo menos do BPN ou do BPP.

Ontem, como com graça referiu António Nogueira Leite nas redes sociais, a entrevista de um jovem com dinheiro a Judite de Sousa foi o "swap" de Agosto e toda a gente comentou.

O problema é que cada um faz com o seu dinheiro o que bem entender, o que cada um não pode fazer é pôr um País a pagar impostos e a baixar a sua condição de vida porque houve um bando de canalhas que montou uma manobra de corrupção em alta escala, favorecendo amigos da politica que, subitamente, enriqueceram. Ou então, desviaram-se de contas poupanças de uma vida para investimentos arriscados.

Por isso, estou-me marimbando para o Lorenzo Carvalho e para as suas festas com a Pamela Anderson e os seus Ferraris. Mas interessa-me e gostava que alguém tivesse a coragem e ousadia, como ontem referi no meu perfil de facebook, para entrevistar quem me obriga a pagar mais impostos. De onde veio o dinheiro de Dias Loureiro, de Oliveira e Costa, de João Rendeiro, entre tantos outros que se dê rosto à corrupção e ao gamanço de um povo.

Isso é que é interesse público, façam-no se têm coragem. O jornalismo é um exercício de coragem também.

Sem comentários:

Publicar um comentário