segunda-feira, 29 de setembro de 2014

A "chica-espertice" mal disfarçada de Marcelo Rebelo de Sousa

Já há muito tempo que deixei de ver as prédicas da agenda pessoal de Marcelo Rebelo de Sousa aos domingos. Não gosto de comentadores pagos a analisar e a envenenar a realidade consoante os seus interesses.

Por isso, foi no DN que li que Marcelo quer uma remodelação do Governo e «especificou três ministros que no seu entender deveriam ser imediatamente substituídos: Miguel Poiares Maduro (ministro adjunto), Paula Teixeira da Cruz (ministra da Justiça) e Nuno Crato (Educação)».

Ora, onde é que está a "chica-espertice"? Marcelo menciona dois ministros que pediram desculpa por erros (Teixeira da Cruz e Crato) para ir ao pote que lhe interessa, o do terceiro mencionado.

Explico: Poiares Maduro e a sua equipa não tem nos últimos tempos cometido muitos erros. Já os cometeu no passado por inexperiência política e tenho a certeza de duas coisas: 1- Poiares Maduro está muito menos ingénuo da máquina dos interesses do poder do que quando entrou no Executivo e sabe onde andam as sombras a gravitar; 2- Pode ter defeitos, mas é um tipo sério e está imune a corrupção. E eu respeito muito os políticos que aprendem e tentam melhorar todos os dias e os que são sérios e incorruptíveis.

Poiares Maduro vai gerir as muitas centenas de milhões de fundos comunitários que irão ser distribuídos em Portugal por projectos que valham a pena a partir de 2015, nomeadamente autarquias, e dava muito jeito a muita gente que fosse um facilitador de fundos obscuros e de ambições pessoais a dar dinheiros aos amigos. Só cai na conversa de Marcelo quem quer, a mim há muito que não me engana.

Sem comentários:

Publicar um comentário