quarta-feira, 5 de novembro de 2014

A Verdade do Vinho

Eu gosto particularmente, enquanto espectador e contribuinte, que a RTP tenha bons projectos e programas. Na RTP2, especialmente, ainda se encontram ideias que nos fazem fugir ao primado actual do cabo.

Chama-se A Verdade do Vinho, apresentado por Luis Baila e Sónia Araújo, um despretensioso programa sobre o vinho, uma das nossas maiores riquezas e ao qual os nossos solos e clima transmitem uma enorme qualidade que depois podemos apreciar.

Aqui aprendemos sobre tudo o que se relaciona com o vinho. Ainda no programa de ontem aprendi sobre a diferença das barricas de carvalho português e francês, por exemplo. Os apresentadores fazem um jogo de conversa entre eles que cativa o espectador. Ele, muito sabedor, ela, curiosa, mas ambos muito simpáticos e a terem paixão no que estão a mostrar e a transmitir.

Ao mesmo tempo que desenvolvem a modernidade do que se passa, vão mostrando os lugares da história, como ontem com os lagares de azeite no granito criados pelos romanos em Trás-os-Montes, deambulando por um Portugal que é lindo e que é um espaço de grandes castas.

Mas o vinho é também as pessoas. As que o produzem, as que o bebem, as que se juntam numa mesa em convívio, como aquela boa gente transmontana. Novos e velhos, ricos e pobres, numa transversalidade rara em muitos produtos.

Como dizia ontem um enólogo, «os vinhos não são feitos para os entendidos, são feitos para os consumidores» Exactamente como este programa, simples, com gosto, bem produzido, promovendo Portugal e as suas gentes, para todos e ao alcance todos, um verdadeiro serviço público e é para isso que serve a RTP.

PS: que pena a RTP2 não estar em HD, seria sublime para algumas imagens que são apresentadas, fica a sugestão construtiva.

Sem comentários:

Publicar um comentário