terça-feira, 27 de abril de 2010

Ninguém investiga o mercado?

Há certas coisas que o mercado tem de trabalhar para melhorar. E falo do mercado de conselho em comunicação em geral, não é nenhuma crítica à APECOM, até porque muitas agências não estão ali associadas.

É muito importante conhecer os verdadeiros accionistas das empresas. Repito, os verdadeiros accionistas das empresas profissionais de conselho em comunicação.

E porquê? Porque se vão percebendo melhor diversas coisas, não só conquistas de clientes mas também certos trabalhos que envolvem esta área de actividade.

Quero deixar uma pista: imagine-se uma empresa que tem um sócio verdadeiro e outro fictício, do verdadeiro não há nada a dizer.

Agora,quando muitos sabem que o fictício representa determinada pessoa A, e essa pessoa A tem um razoável salário para Portugal, mas apenas razoável, e compra uma casa por mais de um milhão de euros não está tudo dito?

Ninguém investiga nada? O mercado não é polícia, nem agente judicial, mas suspeita. E as suspeitas são legítimas. E como é que o mercado reage? Aguarda as migalhas do poder?

Sem comentários:

Publicar um comentário