domingo, 15 de janeiro de 2012

30 por cento dos franceses identifica-se com a extrema-direita

É esse o primeiro motivo para a ascensão nas sondagens de Marine Le Pen, candidata presidencial e líder da Frente Nacional, partido criado por seu pai, Jean-Marie Le Pen.

Desagrado geral com os políticos do sistema (algo que acontece em todo o mundo), desconfiança em Sarkozy e Hollande, crise europeia, crimes e violência, são o "melting-pot" tradicional em que se baseia o discurso da extrema-direita.

Um terço dos franceses revê-se nas suas posições, algo que as democrcias têm de temer.

Sem comentários:

Publicar um comentário