domingo, 16 de dezembro de 2012

A barbárie de Connecticut

Um rapaz de 20 anos, solitário e com distúrbios de personalidade, cometeu um dos maiores massacres nos Estados Unidos, matando 20 crianças e mais 6 adultos.

É impressionante pela barbárie, é impressionante pela incompreensão dos motivos que levaram a este desfecho. O rapaz não tinha Facebook, não gostava de ser fotografado, não permitia que divulgassem fotografias suas.

A mente humana é ainda um campo por desbravar, as pulsões do mal já motivaram muitos livros e filmes, mas continuará incompreensível. O que sabemos é que o mundo é perigoso e a qualquer momento, em qualquer lugar, pode acontecer algo de inexplicável. E não sabemos como evitar uma barbárie destas.

Sem comentários:

Publicar um comentário