quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Maus ecos de Angola

Desde que a Justiça portuguesa decidiu investigar uma série de homens do regime de Angola, de lá as reacções não são boas. Não estará fácil a vida para os empresários portugueses, alguns negócios em perspectiva em Portugal foram adiados (caso da compra do grupo editorial de Joaquim Oliveira). Não sei bem o que ditarão os próximos tempos.

Sem comentários:

Publicar um comentário