segunda-feira, 8 de julho de 2013

E se Cavaco dissesse que não?

Cavaco Silva tem uma visão minimalista dos seus poderes presidenciais. Além disso, é temente e medroso, algo que Fernando Lima durante anos conseguiu esconder.

Logo, é quase certa a aceitação da "fórmula" que Passos Coelho lhe apresentou, apesar de nada fazer sentido e dar a entender que o PSD vai mandar muito menos que o CDS no novo Governo (não sei se as bases do PSD compreendem isto muito bem).

Mas, e se Cavaco dissesse que não e impusesse um Governo por si escolhido com apoio parlamentar  tendo em vista a salvação nacional?

É um cenário quase impossível de realização, mas não sei se um Governo à Mario Monti em Itália não seria positivo para Portugal. Nem que fosse apenas para preservar a imagem da classe política.

Sem comentários:

Publicar um comentário