domingo, 4 de setembro de 2011

Oráculo (311)


«O homem, conscientemente, vive para si mesmo, mas serve de instrumento inconsciente para a consecução dos objectivos históricos universais»

Tolstoi, Guerra e Paz

Sem comentários:

Publicar um comentário