quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Cavaco Silva não fuja às suas responsabilidades sff!

Cavaco Silva desferiu hoje o primeiro ataque ao Governo. Fê-lo na praça pública, à frente de toda a gente e devia tê-lo feito em privado. Cavaco fez para agradar ao povo, mas o povo não pode esquecer as responsabilidades deste cavalheiro.

Sempre fez a sua carreira entre os pingos da chuva, nos seus silêncios esfíngicos ou libertando as suas sílabas como um oráculo de segunda.

A história dos países é feita pelos homens que os governaram. Cavaco foi o pai desta crise, pois o seu modelo de desenvolvimento, recheado com dinheiros da Europa que só faziam lembrar o ouro do Brasil de outros séculos, foi errado e só criou a ilusão de um novo-riquismo saloio e sem qualquer visão de futuro.

Hipotecou gerações com o asfalto que plantou pelo País e criou um cavaquismo que viveu às custas do Estado e forjou homens de negócios que levaram ao escãndalo do BPN (onde foi accionista) e que vamos todos os inocentes pagar.

Se querem julgar os que levaram ao desvario de Portugal, comecem com Cavaco Silva. Ele é o pai da crise e não julgue que os portugueses se esquecem. Está no poder há 26 anos e ele é culpado e conivente com o mal que se passou.

Sem comentários:

Publicar um comentário