quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Um recado ao Sr. Carlos Barbosa

Ontem fiquei estarrecido quando espreito um jornal desportivo on line e deparo com comentários do sr. Carlos Barbosa sobre o momento da equipa de futebol.

Um momento que não é dele, é um momento do Presidente, do treinador, dos jogadores e sobretudo dos adeptos. Mas a nível comunicacional, nunca nenhuma outra criatura tem de aparecer para tentar colher louros que não merece.

Se alguém na direcção tem pruridos, eu ajudo: Sr. Carlos Barbosa, por que não se cala?

Este vice-presidente disse que os adeptos estavam «carentes». Eu acrescento:

Estavam carentes de ter uma direcção que não fosse o desastre de José Eduardo Bettencourt.

Estavam carentes de ter um bom treinador que montasse uma equipa com qualidade e bom futebol.

Estavam carentes de ter bons jogadores e não a miséria da época transacta.

Mas há algo de que os sportinguistas não estão carentes: é das aves-raras, dos pavões, das figurinhas que querem aparecer à força e que logo surgem quando os resultados são bons, como o fez ontem lamentavelmente o sr. Carlos Barbosa. Disto os sócios e adeptos estão fartos e querem dizer BASTA!

Confesso que, quando vi a foto do sr. Carlos Barbosa, julgava que ele vinha confirmar o pedido de demissão que apresentou na semana passada, depois de uma acalorada troca de palavras numa reunião com membros da direcção, depois de ter sido confrontado com os seus paupérrimos resultados na área comercial (sem falar da comunicação, onde a sua escolha omnisciente e exclusiva se revelou um desastre). No entanto, depois de ameaçar a demissão voltou atrás.

O facto, como já o tinha referido noutro post, é que Carlos Barbosa foi vendido como um mago da comunicação. Mas não é, teve a sorte de vender um título (o Correio da Manhã) que cresceu fruto da visão de um grande homem da comunicação chamado Vitor Direito. Barbosa é uma nulidade comunicacional, como o provaram as suas duas últimas intervenções públicas.

Foi vendido como um mago na angariação de patrocínios e na área do sponsorship, mas provavelmente deve ter gasto todos os atributos ao serviço do ACP. Pois os próprios colegas da direcção, onde só Godinho Lopes o suporta, sabem bem o fracasso dos seus números.

Mas mais grave, expliquem-me se forem capazes. Como é que o vice-presidente para a comunicação e marketing de um grande clube, não está presente pelo menos nos jogos da equipa em Alvalade? Então gasta, em permutas, em campanhas de publicidade e quer o regresso dos adeptos ao estádio e não dá o exemplo???

É que se não tem disponibilidade para o Sporting, se faz o favor, saia! O sr. Carlos Barbosa é o elo mais fraco desta direcção e os números falam por si. Sabemos que está muito fragilizado internamente, mas faça o favor de não se aproveitar dos resultados que não são seus.

Agora, fala o Presidente, o treinador e os jogadores, se ninguém tem coragem de o dizer, eu repito: Sr. Carlos Barbosa faça o favor de se calar! E se quiser apresentar a demissão como ameaçou na semana passada, garanto-lhe que vai dar uma enorme alegria aos sportinguistas.

Sem comentários:

Publicar um comentário