sexta-feira, 30 de março de 2012

Guerra de alecrim e manjerona no PS

É certo e sabido que quando há míngua de poder nos partidos do arco governativo, há sempre quezílias internas e instabilidade. Foi assim no PSD nos tempos de Guterres e Sócrates, será durante muito tempo assim no PS, nesta estranha coreografia entre Seguro e Costa.

Sem comentários:

Publicar um comentário