segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Guerra «do poder ao mais alto nível» em Portugal contra Angola

O «Jornal de Angola único diário angolano e jornal oficial do regime», como diz esta notícia do Público, faz um editorial contra as investigações noticiadas pelo Expresso a «heróis nacionais» desse País dizendo que é um ataque do «poder ao mais alto nível em Portugal».

Pois bem, não sinto nada do «poder ao mais alto nível em Portugal» contra o capital angolano, bem pelo contrário. Esses empresários para lá das compras que fazem para o seu património e usufruto pessoal, estão a comprar tudo o que querem em Portugal, detendo participações significativas em áreas como telecomunicações, banca, energia e media.

Logo, o editorial desse jornal devia centrar-se apenas no contra-ataque aos mecanismos da Justiça, que decidiu investigar essas pessoas. De resto, «o poder ao mais alto nível em Portugal» come à mesa de Angola.

Sem comentários:

Publicar um comentário