quinta-feira, 1 de setembro de 2011

«DSK é um doente mental»


Era a estrela e o candidato mais bem posicionado para roubar o Eliseu a Nicolas Sarkozy por parte da esquerda.

Dominique Strauss-Kahn foi ilibado de uma acusação de violência sexual, mas durante o tempo de acusação não faltaram histórias passadas sobre os seus apetites sexuais.

A França ficou descansada quando o viu ilibado, porém, hoje, é o maior renegado da política francesa. Ninguém o quer ao pé. Michel Rocard diz que DSK «é um doente mental», ler aqui.

E como os escãndalos sexuais acabam com a vida de qualquer proto-candidato.

Sem comentários:

Publicar um comentário