domingo, 2 de outubro de 2011

À conversa com a Câmara Corporativa

A Câmara Corporativa conversou aqui comigo, com Horácio.

Eu, retribuindo, grato, fui por outros territórios:

«Ventos, soprai de arrebentar as próprias bochechas! Enraivai! Soprai com força! Trombas e cataratas, derramai-vos até terdes coberto os campanários e afogado seus galos! Sulfurosos raios, velozes como o pensamento, vanguarda dos coriscos que os carvalhos abrem de meio a meio, chamuscai-me a cabeleira branca! E tu, trovão de tudo abalador, achata a espessa redondeza do mundo, quebra os moldes da natureza e de uma vez desfaz todos os germes geradores do homem sem gratidão».

Rei Lear - Acto III, Cena II

William Shakespeare

Sem comentários:

Publicar um comentário