sábado, 1 de outubro de 2011

E assim acaba o apelo sexual na publicidade

É sabido em todo o mundo que o sexo é uma das armas mais objectivas usadas pelos publicitários. O corpo da mulher é bonito e apelativo, logo o seu uso neste campo é habitual.

Uma marca de lingerie brasileira lançou Gisele Bundchen numa campanha que se tornou o tema da semana não só no Brasil, mas em vários países. Deixo aqui este texto, para verem melhor outra perspectiva, que chama a atenção que hoje em dia os brasileiros estão mais preocupados com a corrupção dos políticos do que com campanhas de roupa interior.

Sem comentários:

Publicar um comentário