sábado, 8 de outubro de 2011

Não sei se o "Álvaro" chega lá...

Passaram pouco mais de 100 dias de Governo e quando leio no Expresso uma peça assinada pela Ângela Silva, das melhores e mais credíveis jornalistas de política, com declarações do PSD e do CDS fortemente críticas da acção de Álvaro Santos Pereira começo a pensar que os críticos da escolha do ministro da Economia estavam certos.

Na semana passada comentei para a Meios & Publicidade que, na comunicação, o "Álvaro", como prefere ser chamado, tinha de melhorar muito.

Porém, sempre duvidei de um ministro com desconhecimento total da economia real portuguesa e que nem sei se conhece bem Portugal e os portugueses, por estar a viver fora do País antes de integrar o Governo.

Quando a âncora do Governo são as Finanças, é natural que um fraco ministro da Economia não faça muito sentido. O que é certo é que nos devemos arrumar nas Finanças, mas não esquecer a Economia. E hoje em dia há pouca ou nenhuma economia. Daí ser o primeiro alvo destinado à remodelação.

Sem comentários:

Publicar um comentário