quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Steve Jobs

Morreu Steve Jobs, morreu um visionário.

Quantas pessoas gostariam de marcar a história do mundo pelas suas descobertas, pelas suas vitórias? Jobs marcou o mundo e é um daqueles homens que daqui a muitos séculos será falado.

Um visionário vê aquilo que parece simples e que nas suas mãos torna genial. Um visionário é também um inspirador, leva pessoas a admirá-lo e a acompanhar os seus passos.

É conhecida a frase de Napoleão Bonaparte, «quem não se importaria de levar 30 punhaladas, se pudesse ter sido César?», mostrando admiração por um dos maiores homens de poder da história do mundo.

Jobs tornou a garagem o local de origem de muitas descobertas. Universalizou a capacidade de qualquer um poder criar e até se tornar milionário.

De Jobs fica essa memória de um homem normal que marcou o mundo.

Sem comentários:

Publicar um comentário