domingo, 21 de abril de 2013

Sugestões para a semana (8-2013)

Livros

"Contos de São Petersburgo", Nikolai Gogol, Assírio & Alvim, 244 páginas. Junta as 5 histórias de São petersburgo: Avenida Névski, Diário de um Louco, O Nariz, O Retrato e O Capote. Humor e sátira de um autor que inspirou os grandes nomes do romance russo e europeu.

"Nome de Código Portograal", Luis Corredoura, Marcador editora, 580 páginas. primeiro livro de um português curioso por teorias da conspiração, criando o cenário de uma invasão a Portugal por Hitler, campos de extermínio de judeus no Entroncamento e Torres Vedras e fuga de Salazar para os Açores, tudo por causa do santo Graal. Um bom livro para a praia.

Filmes

"O Laço Branco", de Michael Haneke. Um dos melhores cineastas da actualidade, que recentemente realizou o belíssimo "Amor", aqui na sua obra-prima que é obrigatória.

"Alemanha, Ano Zero", de Roberto Rosselini. Juntamente com "Roma, Cidade Aberta", faz parte de um díptico do grande realizador italiano sobre a reconstrução dos dois países após a II Guerra Mundial. Ambos são geniais.

Séries

Estrearam-se em poucas semanas várias séries interessantes: "Banshee", de Alan Ball, "Bates Motel" de Carlton Cuse (um dos argumentistas de Lost), ambas no TV Cine Series. Mas destaco para as formidáveis "Hannibal", no AXN, com um actor que a maior parte das pessoas só conhece das lágrimas de sangue que derramava em OO7-Casino Royale, Mads Mikkelsen, e "Da Vinci`s Demons" sobre Leonardo Da Vinci na Fox

Documentários

No ARTE, "Últimas Novidades sobre a Atlãntida", quarta-feira às 15.20h, sobre o enigma desse continente que tantos quiseram descobrir; e uma série sobre Madrid às 14.50h a partir de terça-feira.

"Leyendas de la India", de Michael Wood que nos mostra toda a história e costumes da civilização mais antiga do mundo, está á venda no Corte Inglês e Fnac.

Revistas

Le Figaro Histoire, número 7, sobre os Bórgia e com o grande dossier de quando a Fraça dominou África.

Wired, sobre televisão e facebook

Restaurante

Para fugir aos clássicos Ramiro, que está a abarrotar de estrangeiros e tem longa fila de espera, e Pinóquio, que lá dentro está com muito barulho, nas últimas duas sextas-feiras jantei no Palácio em Alcântara. Marisco muito fresco, cadelinhas de qualidade que já pouco se vêem e atendimento simpático. Uma alternativa às marisqueiras mais conhecidas, também podia incluir o Relento emAlgés que é muito bom.

Sem comentários:

Publicar um comentário