quarta-feira, 12 de março de 2014

"Cosmos": a boa comunicação da ciência

Vi a estreia de "Cosmos" numa grande operação dos canais fox e national geographic. Há décadas atrás, Carl Sagan, um comunicador de excelência, trouxe novos públicos para a ciência, para a interrogação que perdura do que está para lá da nossa galáxia, o espaço, esse oceano desconhecido e fascinante.

Ann Druyan, co-autora do "Cosmos" de Sagan e do actual, há pouco tempo referiu que sentia «um retrocesso em direcção ao medo e à superstição. Um retrocesso que não existia nos anos 60, quando o homem foi à Lua».

Nesta nova série, bem realizada e com magníficos efeitos especiais, voltam as mesmas interrogações. Nós tão pequeninos num espaço tão amplo e tão desconhecido. Um canal generalista devia pegar nesta série. Há coisas que não têm preço e, como diz Druyan, «o conhecimento é um direito de todos».

Sem comentários:

Publicar um comentário