quarta-feira, 19 de março de 2014

35 anos de Correio da Manhã

Podem não gostar, mas o Correio da Manhã é o jornal que melhor compreende os portugueses e por isso vende o que vende. É um bom produto jornalístico dentro dos seus objectivos: ser popular. E não tem complexos com isso.

Na sua génese, Vitor Direito. Um director que foi um visionários e passadas mais de três décadas, o projecto por ele imaginado aí está de pé, alargando-se para a televisão e outras plataformas, bem gerido pelo Octávio Ribeiro.

Por vezes, vejo muitas críticas e algumas coisas eu também não gosto. Mas qual é o jornal do mundo que nunca errou ou que não irrita alguns dias os seus leitores mais fieis? O CM é hoje uma instituição importante, influente pela força dos números de leitores que o compram diariamente.

Parabéns pelos 35 anos, parabéns por darem emprego a muitos jornalistas, parabéns por construírem histórias e conteúdos. Nós, consultores de comunicação, temos de saber trabalhar bem com o Correio da Manhã.

Sem comentários:

Publicar um comentário