domingo, 24 de maio de 2015

Sugestões para a semana

Livros

"Número Zero", Umberto Eco, Gradiva, 163 páginas. Passa-se em 1992, mas o mau jornalismo é intemporal, tal como o bom. Novo livro de uma inteligência superior. Sempre um acto de aprendizagem ler Eco.

"Música para Camaleões", Truman Capote, Livros do Brasil, 270 pág. São 16 contos de um génio da escrita americana. Díspares, diversos, mas um gosto de devorar esta prosa.

"Um Anjo Impuro", Henning Mankell, Presença, 367 pág. O escritor sueco criador do magistral Kurt Wallander vive boa parte do ano em Moçambique. Aqui conta uma história verídica passada em Lourenço Marques (actual Maputo), sobre a mentalidade conservadora no início do século XX.

Cinema

Sábado no TVC1, 21.30h, podem ver "Locke" um dos mais geniais e inovadores filmes do ano passado que passou ao lado dos Óscares porque é bom demais.
Por falar em Óscares, e numa altura que saem para o mercado e aparecem nos canais de cinema os mais nomeados para esses prémios, e que são na sua maioria apenas razoáveis, recomendo que vejam outros dois esquecidos, e muito melhores do que os oscarizados: "Mapas para as Estrelas", de David Cronenberg e, sobretudo, o soberbo, e com um superlativo Jake Gyllenhall, "Nightcrawler-Repórter da Noite". E podem escrever que estes dois daqui a 20 anos serão muito mais lembrados que qualquer dos que ganhou Óscares.

Séries

Estou a acompanhar "Rush" na fox Life, que me recorda um bocadinho "Nip Tuck", mas não tão boa, nem tão negra, e sobre a prevista(?) sensação Wayward Pines, que muitos compararam a "Twin Peaks", esqueçam lá isso. Aliás, já li o livro e vai caminhar para uma enorme decepção.
Numa altura em que as séries terminam as suas temporadas em Portugal, estreia no inicio de Junho no AXN a terceira temporada de uma das minhas séries preferidas: "Hannibal".

Documentários

"Cuba, Batista e a Mafia", terça, 22.50h, no Arte. Sobre a chegada ao poder do ditador cubano, em 1952, e o seu regime.
Recomendo ainda "fassbinder", quarta à noite no Arte, depois da passagem do "Casamento de Maria Braun", um documentário sobre o grande realizador alemão que no dia 31 celebraria 70 anos.

Restaurante

O 1º de Maio no Bairro Alto que com o antigo dono da Tasca do Manel voltou a ser um grande restaurante de comida portuguesa.

Sem comentários:

Publicar um comentário