domingo, 5 de setembro de 2010

Oráculo (96)

«Quando todos os cálculos complicados se revelam falsos, quando os próprios filósofos não têm nada mais a dizer-nos, é desculpável que nos voltemos para a chilreada fortuita dos pássaros ou para o longínquo contrapeso dos astros»

in Memórias de Adriano, de Marguerite Yourcenar

Sem comentários:

Publicar um comentário