domingo, 5 de dezembro de 2010

Oráculo (172)

«Não conheces os limites da tua força, não sabes o que fazes. Não sabes quem és»

Eurípides

Sem comentários:

Publicar um comentário