quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Os 103 anos de Oscar Niemeyer

Se há figura que perdurará para sempre na história do Brasil será Oscar Niemeyer.

Para quem já leu a sua autobiografia, "As Curvas no tempo", sabe que é um homem coerente, manteve-se fiel sendo comunista toda a vida.

E sobretudo foi o pai da revolta dos arquitectos contra a linha recta. Inspirava-se dizia ele nas curvas das montanhas que dão beleza ao Rio de Janeiro ou nas curvas das belas mulheres cariocas.

Depois desenhou o sonho de um homem, para mim um dos maiores presidentes do Brasil, Juscelino Kubitschek, e criou Brasília, aquela capital de espaços e que respeita o horizonte marcado pelos seus belos e arrojados edifícios.

E com 103 anos celebrados ontem continua com dinamismo, a acompanhar os projectos do seu atelier e a ter intervenção pública. Um grande homem Oscar Niemeyer que pode ver neste artigo do El Pais.

Sem comentários:

Publicar um comentário