quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Guess What on fire

Graças ao Rodrigo Saraiva fiquei a conhecer o Jorge Azevedo e o Renato Póvoas. No princípio da minha carreira em Conselho em Comunicação fizeram um passatempo baseado em mim, sem me conhecerem.

A mim deu-me imenso jeito como já lhes disse, mas não os conhecia na altura. Depois de um sushi fiquei a gostar bastante deles, pela tranquilidade e boa disposição, profissionalismo e boa energia que emanam.

Sigo com muito interesse a actividade da Guess What e para lá disso acredito no mercado brasileiro e da América Latina. Acho, como já lhes disse, um bom passo, uma aventura sólida e desejo uma excelente parceria. Que podem espreitar via PiaR.

Nunca me esqueço de um post do Telmo Carrapa que apostava em nós (eu e eles)e mais no Miguel Moreira Rato para figuras a acompanhar no Conselho em Comunicação na próxima década. Eu gosto de pressão e mind games (como muitos sabem) por isso temos responsabilidades acrescidas.

A Guess What é uma boa empresa e uma operação a acompanhar. Pois tem dado passos seguros sem disparar tiros no vazio, tem sabido crescer tranquila sem se endividar. Eu também aposto no Jorge e no Renato.

Sem comentários:

Publicar um comentário