quarta-feira, 11 de maio de 2011

Passos vs. Jerónimo: ganharam os dois

O título é mesmo assim. Não houve empate, ganharam os dois líderes. Modelos diferentes, visões por vezes antagónicas, mas com ideias num ambiente moderado e construtivo.

Confesso que vi o Pedro Passos Coelho de que gosto e de quem sou amigo. Continuo a acreditar que o PSD vai ganhar as eleições, estas eram as mais fáceis de ganhar, sublinhe-se, mas vários erros, opções erradas e diversos tiros no pé foram dados pelo próprio partido.

Neste blog tenho feito avaliações, e críticas, técnicas na área da comunicação política, assinale-se que têm sido seguidas e na maior parte dos casos valorizadas. Nenhum consultor de comunicação português profissional nesta área deve nada a marqueteiros oriundos de outras partes sem provas dadas. E isso é importante que se diga.

Até porque consultores portugueses, discretamente, já deram o melhor de si a trabalhar com diversos políticos e partidos, nomeadamente com o PSD e com Pedro Passos Coelho, noutras alturas, e com bons resultados.

O Pedro é muito melhor do que têm escrito dele, mas deve ser ele próprio, utilizar a sua racionalidade, bom senso e coração nesta campanha. É um homem íntegro, honesto, sério e «bem intencionado», como bem referiu Mário Soares.

É ELE que ganhará eleições. É o seu caminho. Tem um mês para ser uma esperança e não apenas uma alternativa de mudança.

Sem comentários:

Publicar um comentário