segunda-feira, 30 de maio de 2011

Globos de Ouro

Confesso que só vi a partir do fim da série Spartacus, mas a SIC está de parabéns por esta gala que consegue ter classe e alguma sofisticação.

Esteve bem em homenagear Simone de Oliveira, uma mulher que as gerações actuais conhecem mal, uma mulher de garra e de armas que agora aparecia apenas em alguns papeis secundários em novelas.

Houve uma década em que ela era um furacão e que marcou a sociedade portuguesa, bastava ouvi-la cantar nos tempos áureos para se sentir a sua força. Às vezes faz-se bem às pessoas reconhecendo-lhes o mérito, por isso a SIC e a Caras estiveram bem.

PS: Bárbara Guimarães é uma mulher linda mas continuo a achar que tem pouco jeito para aquilo.

Sem comentários:

Publicar um comentário